Segunda-feira, 5 de Dezembro de 2011

AMY WALDMAN E ALAN HOLLINGHURST DOMINAM LISTAS DOS MELHORES DO ANO

 

Dois livros da D. Quixote, The Submission, de Amy Waldman (a publicar em Agosto de 2012), e O Filho do Desconhecido, de Alan Hollinghurst (publicado em Outubro), continuam a dominar as listas dos melhores livros do ano para os principais órgãos de comunicação internacionais.

Depois do The New York Times, da Amazon, da Kirkus Reviews e da BookPage, The Submission foi agora considerado pelo Financial Times e pela Esquire como um dos melhores livros do ano.

Para a revista norte-americana Esquire, o primeiro romance de Amy Waldman é mesmo o melhor livro do ano, sendo também “o melhor dos muitos excelentes romances sobre o 11 de Setembro”.

Para o Financial Times, The Submission é “um primeiro romance extraordinário. Um exame profundo e acutilante sobre o modo como este trágico acontecimento dilacerou os Estados Unidos.”

Depois do The New York Times, da New Statesman, do The Guardian e do The Daily Telegraph, O Filho do Desconhecido, de Alan Hollinghurst, foi agora considerado pelo Financial Times e pelo The Sunday Telegraph como um dos melhores livros do ano.

Para o Financial Times, trata-se de um romance “excepcional”, sendo que Lady Antonia Fraser considerou-o, no The Sunday Telegraph, uma obra “maravilhosa”.

The Submission é um romance de ideias sobre a América no pós-11 de Setembro. Dois anos após os atentados nas Torres Gémeas, um júri reúne-se em Manhattan para escolher o projecto vencedor de um memorial às vítimas, a ser erigido no ground zero. Com mais de 5 mil participações anónimas, o júri – constituído por artistas, académicos e uma viúva do 11 de Setembro – é surpreendido quando o envelope com o nome do vencedor é aberto, revelando que o distinguido é um arquitecto muçulmano chamado Mohammad Khan.

“[The Submission é] …um romance mais verosímil, com mais impacto político e fulgor do que a Fogueira das Vaidades. . .” — Michiko Kakutani, The New York Times

Amy Waldman foi repórter do The New York Times e co-diretora da secção do jornal no Sul da Ásia. Os seus contos foram já publicados na The Atlantic, na Boston Review e foi antologiada na The Best American Nonrequired Reading 2010. Vive actualmente em Brooklyn, Nova Iorque.

Pode ouvir uma entrevista a Amy Waldman, sobre The Submission, na Antena 1, aqui.

publicado por Miguel Seara às 11:43
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Novembro de 2011

ALAN HOLLINGHURST E AMY WALDMAN ENTRE OS MELHORES DO ANO SEGUNDO O THE NEW YORK TIMES

Dois livros da D. Quixote, O Filho do Desconhecido, de Alan Hollinghurst (publicado em Outubro), e The Submission, de Amy Waldman (a publicar em Agosto de 2012), figuram na lista dos 100 Melhores Livros do Ano do The New York Times.

Segundo o jornal norte-americano, O Filho do Desconhecido, que tinha já sido recentemente considerado pela New Statesman como um dos Melhores do Ano,  é uma obra “excelente que contém todo um currículo literário encoberto, do qual Hollinghurst moldou algo novo e imprescindível”.

Sobre The Submission, romance de estreia de Amy Waldman, diz o The New York Times ser “escrito com o olhar aguçado e experiente de uma excelente jornalista, uma obra que fornece retratos notáveis dos principais intervenientes, expondo habilmente os seus pontos fracos e as suas manipulações”.

The Submission foi já considerado pela Amazon como uma das 10 Melhores Estreias de 2011 e um dos 100 Melhores Livros de 2011. Foi também considerado pela Kirkus Reviews como um dos 25 Melhores Livros de Ficção de 2011 e é finalista do The Guardian First Book Award 2011, prémio a que concorre também Pigeon English, de Stephen Kelman, que a D. Quixote publicará em Junho 2012.

The Submission é um romance de ideias sobre a América no pós-11 de Setembro. Dois anos após os atentados nas Torres Gémeas, um júri reúne-se em Manhattan para escolher o projecto vencedor de um memorial às vítimas, a ser erigido no ground zero. Com mais de 5 mil participações anónimas, o júri – constituído por artistas, académicos e uma viúva do 11 de Setembro – é surpreendido quando o envelope com o nome do vencedor é aberto, revelando que o distinguido é um arquitecto muçulmano chamado Mohammad Khan.

“[The Submission é] …um romance mais verosímil, com mais impacto politico e fulgor do que a Fogueira das Vaidades. . .” — Michiko Kakutani, The New York Times

Amy Waldman foi repórter do The New York Times e co-diretora da secção do jornal no Sul da Ásia. Os seus contos foram já publicados na The Atlantic, na Boston Review e foi antologiada na The Best American Nonrequired Reading 2010. Vive actualmente em Brooklyn, Nova Iorque.

Pode ouvir uma entrevista a Amy Waldman, sobre The Submission, na Antena 1, aqui.

publicado por Miguel Seara às 13:59
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar

Descarregue o presskit de O Filho do Desconhecido






















tags

a biblioteca da piscina

a linha da beleza

alan hollinghurst

alan hollinghurst em portugal

amy waldman

bbc

biografia

câmara clara

críticas

diário de notícias

diário digital

diário económico

entrevistas

esquire

excertos

expresso

financial times

i

intelligent life

o filho do desconhecido

os meus livros

prémios

público

rtp informação

rtp2

sábado

sic notícias

sinopse

sinopses

sol

tânia ganho

the daily telegraph

the guardian

the new york times

the submission

the sunday telegraph

time out

vídeos

visão

todas as tags

subscrever feeds