Segunda-feira, 7 de Novembro de 2011

ALAN HOLLINGHURST VENCE PRÉMIOS PARA AUTOR DO ANO NO REINO UNIDO

 

Alan Hollinghurst, cuja omissão da lista de finalistas do Man Booker Prize 2011 causou grande polémica, venceu o Galaxy National Book Award 2011, na categoria Autor do Ano, com O Filho do Desconhecido (Dom Quixote), e o Stonewall Award, na categoria Escritor do Ano.

Um júri constituído por 750 especialistas da indústria editorial votou Alan Hollinghurst como Autor do Ano, sendo que, segundo a organização dos Galaxy National Book Awards, esta “aclamação reflete o apoio de muitos elementos da indúsria editorial que ficaram desiludidos pelo facto do nome de Hollinghurst ter sido omitido da lista de finalistas do Man Booker Prize”.

Jon Howells da Waterstone’s, que patrocina a categoria Autor do Ano, qualificou a vitória de Hollinghurst como “fantástica”. “Teria sido ridículo se ele não tivesse ganho nenhum prémio de renome este ano por essa obra [O Filho do Desconhecido]. Toda a gente ficou surpeendida e desapontada por não ter sido finalista do Booker”, acrescentou.

Alan Hollinghurst, que conquistou o Man Booker Prize 2004 com A Linha da Beleza, afirmou que estava “bastante radiante” por ter sido nomeado Autor do Ano, “num ano em que tantos livros excecionais foram publicados”.

A cerimónia de entrega dos Galaxy National Book Awards decorreu na sexta-feira à noite, no Mandarin Oriental Hotel, em Londres.

Desde sábado, o público em geral pode votar online no Melhor Livro do Ano, de entre os onze vencedores dos Galaxy National Book Awards.

Na quinta-feira à noite, Alan Hollinghurst venceu também o Stonewall Award, na categoria Escritor do Ano, numa cerimónia realizada no Victoria and Albert Museum, numa cerimónia que distinguiu as personalidades que mais impacto tiveram nas vidas da população lésbica, gay e bissexual do Reino Unido no último ano.

Segundo o júri, “Alan Hollinghurst destacou-se não só pela sua mais recente obra [O Filho do Desconhecido], mas por toda uma coletânea de excelentes romances que representam toda a complexidade da vida homossexual ao longo das décadas”.

Para Alan Hollinghurst, “é particularmente maravilhoso ser reconhecido por uma organização como a Stonewall, que defende questões tão importantes para nós”.

publicado por Miguel Seara às 11:09
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar

Descarregue o presskit de O Filho do Desconhecido






















tags

a biblioteca da piscina

a linha da beleza

alan hollinghurst

alan hollinghurst em portugal

amy waldman

bbc

biografia

câmara clara

críticas

diário de notícias

diário digital

diário económico

entrevistas

esquire

excertos

expresso

financial times

i

intelligent life

o filho do desconhecido

os meus livros

prémios

público

rtp informação

rtp2

sábado

sic notícias

sinopse

sinopses

sol

tânia ganho

the daily telegraph

the guardian

the new york times

the submission

the sunday telegraph

time out

vídeos

visão

todas as tags

subscrever feeds